Trio tortura casal, pede R$ 10 mil e mata rapaz com 3 tiros na cabeça

Por Yuri Ramires em 15/09/2021 às 09:43:47
Reprodução

Reprodução

Antônio Welison Soares Moreira, 26, foi morto com 3 tiros na cabe√ßa na madrugada desta quarta-feira (15), no residencial Gilson de Barros, no bairro Souza Lima, em V√°rzea Grande. Trio armado invadiu a casa, torturou ele e a namorada, pediu R$ 10 mil e depois o matou. Em agosto, Antônio foi baleado v√°rias vezes em uma rua de Chapada dos Guimar√£es e por pouco n√£o morreu.

De acordo com as informa√ß√Ķes da Polícia Militar, o crime aconteceu por volta das 4h30. Vizinhos contaram que ouviram uma mulher gritando por socorro. A testemunha contou que 3 homens mascarados chegaram no local afirmando que eram policiais.

Em seguida, com uma pistola, passaram a torturar os dois por horas. Depois, pediram uma quantia de R$ 10 mil. Como eles não tinham, um dos suspeitos atirou 3 vezes na cabeça do rapaz, que morreu no local. Os criminosos fugiram por rumo ignorado.

Servi√ßo de Atendimento Móvel de Urg√™ncia (Samu) foi acionado e a equipe constatou a morte. Na casa, a equipe encontrou uma caminhonete branca placa QBM-9E75, que foi roubada na segunda-feira (13). O veículo que deu apoio ao crime é um Gol prata, que pertence à vítima.

O dono da caminhonete se fez presente no local e reconheceu o veículo. Delegacia de Homicídios foi acionada, bem como a Perícia Oficial, para os trabalhos de investiga√ß√£o.

4 tiros em Chapada

No dia 9 de agosto, Antônio estava em Chapada quando foi baleado na avenida A do bairro Nova Cana√£. Segundo as informa√ß√Ķes divulgadas pelo Gazeta Digital na época do crime, ele trafegava em um Gol quando foi fechado por outro veículo.

O ocupante do carro sacou uma arma e disparou várias vezes em sua direção. Ele foi atingido por 4 tiros, chegou a ser socorrido pelo Samu e encaminhado para o Hospital Municipal de Cuiabá (HMC).

Fonte: Gazeta Digital

Comunicar erro

Coment√°rios